E esse Vitória? É preciso sonhar

Junior Barreto 5 de julho de 2017 0

O Ba x Vi passou e o Vitória jogou bem, mas pecou na finalização à gol e não conseguiu sair do empate em 0x0, além disso, a maior esperança de gol do time saiu contundida, Kieza. Por outro lado, a torcida vê surgir um alento no setor defensivo, após a partida, foi notória a percepção de que a entrada de Ramon deu outra cara ao setor que mais fazia o Leão sofrer.

(Imagem: R. Santin)

O Vitória tem uma das piores campanhas de mandantes na série A, em dezoito pontos disputados dentro de casa, apenas cinco conquistados. Umas das maiores culpas está no setor ofensivo do Vitória – são nove gols marcados na competição. Kieza, André Lima, David e Neilton foram os que tiveram mais oportunidades até então; ex-Todynho, agora Júnior, Rafaelson e Paulinho perderam espaço e brigam para sentar no banco de reservas; Pineda pegou o rumo de casa. Com a contusão de Kieza, a dor de cabeça para o técnico Gallo vai aumentar, afinal o mesmo não confia em Neilton e André Lima não vem contribuindo como deveria.

Tem que falar da zaga? Dizem que é preciso. Pois então, a zaga montada pela direção, conseguiu ser pior e mais frágil do que a montada no ano passado. A começar for Fred e Alan Costa, dupla que veio de Porto Alegre, sendo o primeiro do Grêmio e o segundo do clube que não deve ter seu nome citado em uma coluna do Vitória. A zaga do Vitória foi tão mal montada que o melhor zagueiro é Kanu, não que ele seja ruim, mas é apenas um jogador mediano, com muita vontade. Mas surge um luz no fim do túnel, tendo em vista a estreia de Ramon e a chegada de Wallace.

O Vitória tem onze jogadores que podem salvar o clube do rebaixamento 2017. São eles: Fernando Miguel, Patric, Wallace, Ramon e Geferson; Willian Farias, Felipe Souto (Correia), Gabriel Xavier (Yago), Carlos Eduardo; Neilton e Kieza. Com esse time, ainda resta sonhar.