O poder do novo ataque do Vitória

Felipe Azevedo 29 de Março de 2016 2

As novas contratações do Vitória causaram bastante expectativa por parte da massa rubro-negra. A chegada de Kieza e Dagoberto para compor nosso ataque, com certeza trouxe mais qualidade para o setor que estava carente de peças, principalmente pela falta da figura do 9.

(Imagem: ECV/Divulgação)

(Imagens: ECV/Divulgação – Montagem: VNV)

De um lado temos o K9, muito conhecido pela torcida rubro-negra por ter atuado no rival recentemente sendo de suma importância para a equipe, jogando como centroavante, marcou 29 gols na temporada passada, dispensa comentários sobre sua capacidade de finalização, além de ser um atacante que gosta de sair para buscar o jogo e não ficar estático como a maioria dos atacantes centrais, pode assumir a camisa 9 do Leão e ser o atacante matador e versátil que tanto esperamos. Assim como já fez em sua estreia no último Sábado.

Do outro temos o Dagoberto, tem uma história brilhante no futebol brasileiro, conquistando vários títulos a nível nacional, sendo ídolo na maioria dos clubes que passou. Recentemente, teve uma passagem apagada jogando pelo Vasco, atuou por 8 partidas e marcou 2 gols, as lesões o atrapalharam durante o ano. Tem agora a chance de mostrar tudo que é capaz no Vitória, pois está bastante determinado em fazer uma grande temporada. O atacante de 33 anos, vai trazer bastante experiência para o plantel. Jogador inteligente e que tem a capacidade de jogar pelas pontas no ataque, pode se tornar uma importante peça no esquema tático rubro-negro, jogando pelo lado, compondo uma parte do esquema 4-3-3 como o Vitória já vem se apresentando, ou em um esquema 4-4-2, no qual pode muito bem desempenhar a função de segundo atacante.

Esses dois se juntam ao atacante Marinho, que chegou no início do ano, teve uma excelente passagem pelo Ceará onde se destacou ao ponto de ser contratado pelo Cruzeiro, onde não teve tantas chances. Sua principal característica é a velocidade e poder de finalização, gosta de jogar pelos lados do campo, tem uma canhota precisa, sendo até um bom batedor de faltas. Junto com Kieza e Dagol, pode formar um trio perfeito de ataque.

Com o K9 centralizado, Dagoberto e Marinho pelas pontas, o time ganha muito em velocidade pelas laterais. Kieza como homem de frente, tende a prender a marcação, liberando espaço para os pontas do esquema. Bem entrosado, tem tudo para dar certo, o torcedor tem sim motivos para botar fé nesse ataque.

Se tratando de um campeonato longo como o Brasileiro, não podemos deixar de lado as peças de reposição. Temos atualmente o Vander, que também tem característica de ponta e com bom chute, pode muito bem brigar por uma dessas vagas, William Henrique que tem velocidade e é driblador e o Robert, que é um centroavante nato, sendo substituto imediato do K9, ou a depender do andamento da partida, pode formar uma dupla de homens de área com o Kieza. Vamos botar fé também nos nossos meninos da base, o David e o Rafaelson vão poder entrar aos poucos, ganhando mais experiência e ajudando o time.