Copa do Nordeste: Vitória perde para o ABC-RN no Frasqueirão e deixa liderança do grupo B

Carlos Lima 10 de Fevereiro de 2018 0

Na tarde deste Sábado (10), o Rubro-Negro baiano foi até a cidade de Natal-RN, para medir forças com o ABC, no estádio do Frasqueirão, pela terceira rodada da Copa do Nordeste 2018. A partida valia a liderança isolada do grupo. B.

O técnico Vagner Mancini surpreendeu na escalação e promoveu André Lima para a vaga ocupada anteriormente por Denilson entre os titulares.

O jogo iniciou com o Leão tendo duas boas oportunidades – em uma cobrança de falta com Yago e um escanteio, mas nenhuma delas com êxito.

Os donos da casa não deixaram por menos e passaram a agredir o desafiante, que ainda tentou com Neilton e Bryan, mas eles não concluíram bem.

Aos 8 minutos, em um lance onde o sistema defensivo do Leão estava fora da jogada, o atacante Wallyson teve tranquilidade para dominar a bola, ajeitar e chutar direto para o gol. ABC 1×0 Vitória.

O Rubro-Negro seguiu bem marcado pelo adversário, mas buscava espaços para tentar chegar até a meta guardada por Édson.

Só que nos momentos que seguiram, só dava ABC. Em uma jogada de maior perigo, aos 22 minutos, Wallyson cobrou escanteio e quase ocorreu um gol olímpíco, mas Fernando Miguel botou a bola para escanteio.

Aos 26 minutos, em cobrança de falta, Juninho chuta cruzado, na medida para o atacante André Lima cabecear direto para o fundo do gol. ABC 1×1 Vitória.

Aos 30, em uma nova tentativa do mandante, Wallyson articulou uma jogada e lançou para Erivélton, mas na hora de concluir chutou sem direção. O árbitro auxiliar sinalizou o impedimento.

Aos 36, o atacante Rhayner aproveitou uma jogada lançada por Yago, mas acabou sendo obstruído pela marcação de Samuel.

Aos 42, Wallyson veio livre pela esquerda, chegou até a área, tocou para Erivélton dar sequência ao lance, mas Uillian Correia conteve a investida.

Aos 47 minutos, nova falta para o anfitrião. O atacante Wallyson foi para cobrança e soltou um belo petardo, que exigiu uma nova defesa providencial do camisa 1 Rubro-Negro. Antes de encerrar o tempo, Mancini precisou substituir o lateral Juninho pelo volante Fillipe Soutto.

Sem alterações, o embate recomeça. O ABC segue com boas oportunidades, a maioria delas passando pelo atacante Wallyson –  bem acionado pelos companheiros.

Aos 8 e aos 9,  o atacante Wallyson seguiu construindo as oportunidades capitais, na última, o goleiro Fernando Miguel voltou a praticar uma importante defesa.

O técnico Vagner Mancini então resolveu mudar mais uma vez. Escolheu o zagueiro Ramon para a vaga de Lucas Marques, numa tentativa de reposicionar os jogadores de contenção.

(Imagem: Júnior Santos)

O ABC voltou com todo gás e seguia buscando o tento que desempataria o confronto. O atacante Wallyson continuou criando as melhores chances para o time da casa, enquanto os defensores do Leão se defendiam e buscavam os caminhos para devolver um contra-ataque.

Aos 15, Ramon marca de perto Wallyson, o jogador cai na área e pede pênalti, mas a arbitragem nada marca. Aos 23, Rhayner se livra dos marcadores e chuta, mas o goleiro Édson defende.

Nos minutos seguintes, o Rubro-Negro melhorou seu posicionamento e voltou a atacar mais. O Alvinegro potiguar tentou revidar com Tonhão e Matheus, mas os defensores do Vitória estavam atentos e não deixaram o perigo passar.

Só que aos 34 minutos, em uma jogada rápida de Jorge Eduardo, a bola chega até Wallyson, que chuta e Fernando Miguel defende, mas no rebote, o atacante Fessin marca. ABC 2×1 Vitória.

Quando o Leão até buscava mais as jogadas para empatar, foram os donos da casa que acabaram aproveitando um contra-ataque e aumentando mais o placar, com o gol de Jorge Eduardo, aos 43 minutos. ABC 3×1 Vitória.

Aos 48, a arbitragem encerra o confronto. Final: ABC 3×1 Vitória. Com o resultado, o Leão deixa a liderança do grupo B e permanece com 6 pontos. O próximo compromisso pelo certame será novamente contra o ABC, no dia 11 de Março, no Barradão.