Série A: Vitória derrota o Palmeiras no Barradão e deixa a zona do rebaixamento

Carlos Lima 8 de novembro de 2017 0

Na noite desta Quarta-Feira (08), o Leão mediu forças com o Porco, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A.

O Vitória lutava pelo triunfo para deixar a zona de rebaixamento, enquanto o clube paulista buscava a reabilitação no certame.

O Rubro-Negro baiano teve menos posse de bola que o adversário, mas não se intimidou e partiu para cima do Porco, que se desorganizou defensivamente e viu David fazer uma bela jogada e Yago inaugurar o placar no Barradão, logo aos 5 minutos.

O time paulista tentou se refazer das investidas do mandante, mas não conseguiu. Aos  14 minutos foi a vez do atacante Santiago Tréllez deixar a sua marca. A torcida estava eufórica com o resultado parcial conquistado.

Cinco minutos depois veio um susto. Em uma jogada iniciada por Keno no início da área, cruzou, a bola desviou e chegou até Dudu cabecear. Vitória 2×1 Palmeiras.

Os torcedores do Leão ficaram apreensivos, pois o Porco quase empatou o confronto aos 21 minutos, em um chute de Érik, que foi defendido por Fernando Miguel.

(Imagem: Tiago Caldas / Agência Estado)

Mesmo com o momento que parecia favorecer ao visitante, que já detinha mais posse de bola, a equipe anfitriã se manteve tranquila e esperou a ocasião certa para atacar novamente em tento.

Aos 39 minutos, o último gol do embate foi marcado. David recebe uma jogada vindo da zaga, passa pelo meio e repassa. Na disputa entre Juninho e Yago, melhor para o meia do Leão, que não desperdiçou e marcou mais um. Vitória 3×1 Palmeiras.

No retorno para a segunda etapa, Alberto Valetim Abriu mão do meia Bruno Henrique e escolheu o atacante Fernando para seu lugar. Vendo que o Rubro-Negro estava ditando o ritmo da partida, fez uma nova substituição aos 15 minutos, quando sacou Érik para a entrada de Róger Guedes. 

Três minutos depois, o Vitória perde Uillian Correia expulso (ele já havia sido advertido no primeiro tempo). Com menos um, Mancini chamou Ramon para recompor o sistema defensivo em lugar de Fillipe Soutto.

Valentim ainda tirou Keno e colocou Alejandro Guerra aos 23 minutos, com o intuito de passar pela marcação adversária.

Aos 24, o comandante do Leão selecionou Renê Santos para a vaga de Yago e mais à frente, Carlos Eduardo assumiu o posto deixado por José Welison. Com o fim do jogo próximo, a torcida já comemorava o resultado que não acontecia em casa desde o mês de Agosto.

O resultado deixou o Rubro-Negro fora da zona de rebaixamento, em 16º lugar, com 38 pontos. Na rodada do fim de semana, o desafio será contra o Grêmio, no Rio Grande do Sul.