Esporte Clube Vitória: cento e dezoito, com muito amor

Gabriel Guimarães 13 de Maio de 2017 0

Era 13 de maio de 1899 quando os irmãos Valente, em uma noite chuvosa, reuniram um grupo de amigos no Corredor da Vitória para fundar o Club de Cricket Victória. Talvez eles não imaginassem que 118 anos depois que aquele clube de cricket se tornaria uma das entidades esportivas mais tradicionais do Brasil, respeitada e consolidada, com mais de dois milhões de seguidores, o Esporte Clube Vitória.

(Imagem: Emerson Pinho/VNV)

Ser Rubro-Negro é sofrer de um amor unilateral, dolorido e recompensador. Amar sem nada, com quase nada ou, às vezes, com muito em troca. A gente muda de tudo na vida. Muda de cidade, muda de roupa, muda de partido político, de religião. Até de amor a gente muda. A gente só não muda de time, quando o vermelho e preto estão marcados no coração, na alma e na pele.

É um mistério, sinto como se tudo em volta se alegrasse com a passagem da bandeira vermelha e preta, uma sensação indescritível estar na nossa casa, o Barradão. Cantar, bater palma, chorar, criticar, enfrentar os engarrafamentos na Paralela, filas para comprar ingresso, horários ruins, é tudo por amor. Nos meus momentos de alegria, o Vitória estava presente. Nos meus momentos de tristeza, o Vitória me ajudou a levantar e seguir em frente, apenas pelo prazer em vê-lo jogar. Em muitos momentos contei com o Vitória, então o Leão sempre contará comigo, principalmente nas derrotas.

Orgulhem-se das cores que vestem, orgulhem-se do nosso escudo ainda não estrelado… ainda. Nada nem ninguém podem abalar a grandeza do Esporte Clube Vitória. O Vitória de todos nós. O Vitória de Arthur e Arthêmio, o Vitória de Juvenal e Quarentinha, o Vitória de André Catimba, de Mário Sérgio, de Dida, de Roberto Cavalo, de Bebeto. O Vitória de Rosicleide, de Tia Edna. O Vitória de milhões espalhados pelo Brasil e pelo mundo. Somos um nome na história e lutar até o fim é a única condição.

Vamos celebrar o futebol, o basquete, a natação, o vôlei, o remo. É dia 13 de maio, dia de mostrar todo o orgulho de ser rubro-negro, de vestir a camisa vermelha e preta, pendurar a bandeira na janela e cantar o hino do maior clube do Nordeste. Está no calendário oficial: É LEI! Dia 13 de maio é o dia do VITÓRIA! Parabéns, Leão. Que venham mais 118 anos de paixão e muita história para contar.